fbpx

Como Reorganizar sua Rotina e Reinventar o Dia a Dia do seu Filho Pequeno com o Isolamento COVID-19

Share on facebook
Share on google
Share on whatsapp

Compartilhe com 1 ou 2 amigos

Em tempos de isolamento social todos nós tivemos nossa rotina alterada.

Para um adulto reorganizar a rotina que foi modificada por fatores externos é algo complexo que só o tempo vai fornecendo elementos para as devidas adaptações. Porém, uma criança não consegue se reorganizar internamente em um curto espaço de tempo. Elas não sabem falar ou expressar o que estão sentindo, logo manifestam suas reações e pensamentos de outra forma.

Crianças de qualquer idade podem apresentar mudanças de humor, alimentação e sono com ritmos alterados devido a mudança de suas rotinas.

A falta de contato com outras pessoas, a ausência do “gasto de energia” proporcionada pelos exercícios diários e o excesso de uso dos eletrônicos nesse período provocam alterações emocionais significativas, como por exemplo:

1 – Comer demais o tempo todo: o stress de estar “fechado” em casa, altera as substâncias que causam a sensação de saciedade, logo, podemos ter crianças com vontade de comer o tempo todo, ou ao contrário, sem vontade de comer;

2 – Chorar facilmente: as mudanças geram insegurança nas crianças sensibilizando-as para as situações do dia a dia. É como se nada a “consolasse”, pois sua sensação de bem-estar encontra-se prejudicada;

3 – Irritação ou agressividade: à medida que não gastam energia como estão acostumadas ficam irritadas e podem chegar até a apresentar agressividade em alguns casos;

4 – Alterações de sono: em muitas etapas do desenvolvimento temos mudanças no padrão do sono, porém a mudança de rotina pode também resultar em insônia ou sono excessivo. Algumas crianças passam a ter pesadelo como forma de elaborar a realidade através dos sonhos;

5 – Ansiedade: comportamento mais comum para dizer: “Não está tudo bem! Ei. Olhe pra mim!” Isso se manifesta de outras formas: roer unhas, fazer xixi na cama, apresentar impulsividade, puxar o próprio cabelo entre outros.

6 – Excesso de questionamentos: tem dias que elas se colocam a perguntar repetitivamente tudo que as incomoda. Calma! Elas só estão tentando entender o que está acontecendo e aceitar as mudanças que vieram.

Não conseguindo elaborar os sentimentos, a criança faz toda e qualquer tentativa de chamar atenção para si.

É um momento de solidariedade onde todos precisam se colocar no lugar do outro e compreender o quão difícil é para cada um.

Cuidemos de nossos pequenos, porque com certeza os seus sorrisos cuidarão de nós!

Clia Psicologia - Saúde e Educação

A Clia Psicologia, Saúde & Educação tem como maior objetivo promover a prevenção da saúde do individuo em seu aspecto biopsicossocial.

Deixe seu comentário

Quer agendar uma consulta ?

Agende

Agende sua 1ª Consulta
  • Agende uma Consulta:
  • Telefone: (11) 4424-1284
  • Whatsapp: (11) 953288942​
agENDAR

Posts Recentes

Facebook da CliaPsicologia

Baixe agora nosso e-book, para ter mais segurança durante a gestação.