cabeçalho-1

As palestras apresentadas entre os dias 25 e 28 de julho encontram-se disponíveis para acesso público. Desta forma, aqueles que não tiveram oportunidade de participar do Sinprem – I Simpósio Interdisciplinar sobre a Prematuridade, poderão ter acesso às informações veiculadas.

Torna-se cada vez mais evidente a importância de pensarmos o desenvolvimento da criança e do adolescente de forma global e integrada, tendo em vista os números alarmantes da incidência e prevalência epidemiológicas dos distúrbios do desenvolvimento e dos transtornos mentais na infância (10 a 20% das crianças atendidas em consultas pediátricas, segundo a OMS),e a insuficiente atenção dada a esta população, tanto em relação ao diagnostico quanto ao tratamento. Evidências de significativa morbidade entre os problemas emocionais, psíquicos ou comportamentais com os atrasos do desenvolvimento, psicoses, retardo mental e epilepsia na população infantil, reafirmam a importância da equipe interdisciplinar neste contexto. É inegável a importância da prevenção e identificação precoce de riscos de desenvolvimento infantil, bem como a necessidade de intervenção a tempo, como maneira de atuar na promoção da saúde mental e na prevenção primaria e secundaria, na qual a interdisciplinaridade, a comunicação entre o físico e o psíquico, entre o médico, o fisioterapeuta, o fonoaudiólogo, o terapeuta ocupacional, o nutricionista, o psicanalista e o psicólogo, tem um papel fundamental.
A prematuridade pode gerar inúmeros transtornos e alterações no desenvolvimento do bebê ao longo de sua vida. Pesquisas recente comprovam que, apesar das taxas atuais de sobrevivência dos bebês prematuros excederem os 85%, estima-se que 50 a 70% dos recém-nascidos pré-termo ou com baixo peso desenvolvem disfunções, incluindo cognitivas, comportamentais e atrasos no desenvolvimento sócio-emocional, motor e da linguagem, que persistem até a vida adulta e impactam de forma significativa no vertiginoso aumento da incidência de transtornos e alterações psicopatológicas da infância na atualidade.

Descrição

O SINPREM |1º Simpósio Interdisciplinar sobre a Prematuridade trazem informações atuais, através de especialistas de várias áreas do conhecimento, com ampla experiência clínica e de pesquisa na Primeira Infância e com bebês e crianças nascidos prematuros. São temas abordados a partir de uma perspectiva interdisciplinar, fundamentais para profissionais, cuidadores e pais que desejam compreender as peculiaridades do prematuro e informar-se acerca de ações de promoção e prevenção de saúde voltada a esta população.

Assista as apresentações do SINPREM

SinPrem – 1º Simpósio Interdisciplinar sobre a Prematuridade

SinPrem – O desenvolvimento do Bebê Prematuro

SinPrem – Nutrição do Prematuro

SinPrem – A audição do bebê prematuro

SinPrem – A formação da inteligência

SinPrem – Prematuridade e o risco do desenvolvimento psíquico

SinPrem – A relação mãe e bebê prematuro

SinPrem – Aspectos fonoaudiológicos do bebê prematuro

SinPrem – A importância do brincar

SinPrem – O uso da rotina

SinPrem – Ações em prevenção primára e secundária e promoção de saúde mental

SinPrem – Bebê prematuro e a dificuldade na amamentação

Palestrantes Convidados

Ana Paula Magosso Cavaggioni
Psicóloga Clínica graduada pela UMESP, com pós – graduação lato sensu em Neuropsicologia Clinica, pós graduação lato sensu em Avaliação e Intervenção Psicológica em Crianças e Adolescentes pela Cognos – Formação Profissional e desenvolvimento Pessoal. Especializada no Método RAMAIN e no MétodoDIA-LOG. Pesquisadora convidada do IPUSP – Departamento de Aprendizagem, do Desenvolvimento e da Personalidade. Diretora Clínica da Clia Psicologia, Saúde & Educação. Aprofundou-se em estudos de aperfeiçoamento em Psicanálise do bebê e da criança, técnicas psicoterápicas, psicossomática, psicoterapia de casal e família – IPPIA – Instituto de Psiquiatria e Psicologia da Infância e adolescência.

Dominique Horta Buim
Nutricionista com pós graduação em Nutrição Clínica Funcional pela Universidade Cruzeiro do Sul. Experiência em Nutrição Funcional Infantil e Suplementação Nutricional. Membro do Instituto Brasileiro de Nutrição Funcional.

Fabiana Sarilho de Mendonça
Fisioterapeuta graduada pela Faculdade do Clube Náuticos Mogianos, mestranda em ciências da reabilitação, com especialização em Fisioterapia neonatal e pediátrica (lato sensu), aprimoramento em dor crônica pelo ACCamargo, RPG e Pilates.

Alessandra Bizeli Oliveira Sartori
Psicopedagoga graduada pela UNIFEV, especializada em aprendizagem – Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH), Desenvolvimento Cognitivo e Dificuldades Escolares. Especialização em Psicanálise pelo Instituto Sedes Sapientiae. Mestre em Saúde da Criança e do Adolescente pela Faculdade de Ciências Médicas da UNICAMP. Aprofundou-se em estudos de aperfeiçoamento em Neuropsicologia. Mediadora do Programa de Enriquecimento Instrumental (PEI) pelo CBM certificado pelo International Institute for the Enhancementof Learning Potential de Feuerstein. Pesquisadora do CEAPESQ do Programa de Transtorno Bipolar e Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade, do Departamento de Psiquiatria do Hospital das Clínicas. Atua com o Programa de Enriquecimento Instrumental (PEI), Reabilitação Cognitiva, utilizando jogos como ferramenta para estimular a aprendizagem. Experiência em Psicanálise, HIV, Uso e abuso e álcool e drogas, dependência química, anorexia, bulimia, depressão e síndrome do pânico.

Maria José Lopes de Andrade
Fonoaudióloga formada pela UNIFESP – Escola Paulista de Medicina, com aprimoramento em Audiologia Clínica, pela Santa Casa de Misericórdia de São Paulo. Especialização em Distúrbios da Comunicação Humana, pela UNIFESP – Escola Paulista de Medicina.

Regiane A. Crippa
Fonoaudióloga graduada pela UNIFESP – Escola Paulista de Medicina), com aprimoramento profissional pelo Hospital do Servidor Público Estadual e Especialização em Aprendizagem pela Faculdade de Medicina do ABC.

Simone S. Drigo
Psicóloga formada pela UMESP, com especialização em Neuropsicologia pelo HC-FMUSP. Aprimoramento em Terapia Cognitivo-Comportamental. Pós-graduação em Gestão de Pessoas pela UMESP.

Susana Rosa López Barrios
Médica, com especialização em pediatria geral, Graduada pela Faculdade de Ciências Médicas de Santos. Especialização e Mestrado pela Faculdade de Saúde Pública –USP Doutorado pela Faculdade de Medicina – USP Título de Especialista em Pediatria emitido pela Sociedade Brasileira de Pediatria.

Virginia Deiró Nosella
Terapeuta Ocupacional graduada em 2003 pela PUC de Campinas, cursando a especialização em Neuroaprendizagem e os Transtornos do Aprender, aprimoramento em Terapia Ocupacional pela Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto. Experiência profissional em neurologia, neuropediatria, autismo e gerontologia. Curso de Integração Sensorial, Dynamic Tap, Kinésio Tap, avaliação e prescrição de adaptação para cadeira de rodas, entre outros cursos para aprimoramento profissional.