Como a Criança faz a Escolha dos Alimentos na Infância?

A formação de hábitos alimentares se dá desde muito cedo e é feita a partir de muitas variáveis, por meio de influências genéticas e ambientais: predisposições genéticas de paladar, presença ou não de aleitamento materno, forma de inclusão da alimentação complementar, experiências positivas e negativas em relação aos alimentos, hábitos familiares, etc.

É na infância onde tudo começa …

A infância é o grande momento da construção de um modo de vida saudável, que será levado até a vida adulta. Os pais devem se empenhar, mesmo diante de problemas como baixa aceitação ou inapetência, e devem se esforçar, sobretudo, em dar o exemplo.

Passo a passo para uma Alimentação Ideal para Criança …

– A criança de até 6 meses deve ser amamentada exclusivamente no seio.

– A partir de seis meses, já começamos a introdução alimentar para maior suporte nutricional ao bebê. Evitar a utilização de peneiras, liquidificadores, processadores e alimentos prontos.

– A consistência deve ser adequada a cada fase da criança, para estimular a mastigação e deglutição.

– Paciência ! São muitas novidades para a criança e ela precisa de um tempo para se adaptar. Cada criança tem seu tempo.

– Criar uma rotina, regulando os intervalos entre as refeições auxilia a aceitação.

– Não desistir de oferecer um alimento diante da recusa. Para aceitar um novo alimento, a criança precisa experimentá-lo entre 8 e 10 vezes.

– Não substituir refeições por mamadas.

– Local adequado para as refeições, sem distrações e brincadeiras.

– Permitir que a criança tenha o contato com alimento e com a colher para desenvolvimento da coordenação motora.

– Evitar oferecer alimentos doces, sorvetes, refrigerantes, alimentos industrializados e outros não saudáveis.

– Os hábitos de higiene devem ser iniciados junto à alimentação.

– Iniciar a oferta de água juntamente com a alimentação complementar

– A partir dos 12 meses, a criança está apta a receber a alimentação parecida com a da família.

– As crianças passam a ser mais seletivas. Os pais precisam ter paciência e perseverança.

– Os alimentos não devem ser usados como punição ou recompensa.

Todos os passos são importantes, e é bom ficar atento a cada fase.

© Copyright 2015 - A Clia Psicologia - Todos os direitos reservados. Desenvolvimento por Projeta Comunicação - Desenvolvedor Elvécio Francisco

Fale Conosco (11) 4424-1284 / (11) 2598-0732