Whatsapp (11) 953288942 | Telefone (11) 4424-1284

Junte-se a 1217 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Como criar os filhos, Uma Tarefa Nada Fácil!

Alguns pais quando seus filhos chegam a fase da adolescência enfrentam uma certa dificuldade na relação com estes, preocupados, não sabem bem como administrar as mudanças e novas experiências advindas, muitas vezes não entendem um certo afastamento natural que estes impõem e confundem com falta de amor ou ingratidão, passam a agir de forma super protetora tentando perpetuar uma dependência já não mais saudável desta relação.

A Adolescência

Esta é a hora em que os adolescentes procuram uma maior liberdade, novas experiências, afim de conseguirem consolidar suas identidades, e precisam muito que aqueles que os acompanham saibam dosar a liberdade a ser dada e limites a impor, afim de que possam crescer de forma saudável e tornem-se seres humanos íntegros, coerentes tanto física como psicologicamente.

Neste momento é que percebe-se a atitude de alguns pais que temerosos pelo que seus queridos irão ter que enfrentar procuram a todo custo minimizar ou até mesmo desaparecer com as dificuldades e responsabilidades inerentes deste crescimento sadio e necessário.

A Mãe e a Escola

Comum ver mães zelosíssimas na porta das escolas de ensino médio à espera do sinal ansiosa para levar seu rebento ao aconchego e proteção do lar, quando este chega em casa encontra seu quarto em especial a cama toda arrumada, mesmo tendo deixado verdadeiro caos ao sair pela manhã, lavar louça então..., nem pensar, pequenas tarefas caseiras não passam nem pelo pensamento.

Trabalhos escolares tem todo material escolhido, separado, preparado e pronto para uso, isto quando não chega-se ao desatino de pais que fazem o dever escolar para seus filhos, na desculpa de ajudá-los, para que não se sintam mal ou passem por apertos por não realizarem o determinado pelo professor a contento ou no prazo determinado.

Os Adolescentes, os Pais e as Responsabilidades

Adolescentes que crescem sem a menor noção de responsabilidade, de como se cuidar, de como viver integralmente sem depender de terceiros que façam o básico para sua sobrevivência, tornam-se adultos inseguros, imaturos e dependentes.

Adultos que depois se casam e transferem por pura incapacidade o papel que era protagonizado por seus pais ou por um deles a seus cônjuges ou companheiros permanecendo em uma relação de dependência funcional e emocional doentia.

Se a mãe ou o pai estão dispostos a continuar a organizar a vida do filho adulto (e muitas vezes independente financeiramente) e ele gosta disso, há um problema?

Essa situação pode Trazer algum tipo de consequência um dia? Qual(is)?

Há problema, dificuldade de assumir a vida independente, dificuldades profissionais e afetivas e de relações familiares, adultos frágeis e despreparados, com dificuldade em controlar sua vida financeira e adquirir independência

Tanto pais quanto mães, por preguiça de educar, é mais fácil permitir, o culpa de passarem pouco tempo com os filhos. Pela própria negação do envelhecimento. Por terem vivido uma época de repressão e hoje exercerem a permissividade, tornando-se escravos dos filhos e regendo a filha a partir dos desejos e necessidades deles.

Filhos de pais autoritários procuraram exercer o oposto com seus filhos, baseados na falsa ideia de que não se deve frustrar a criança, ou o jovem, ou o filho. Sem frustração não há desenvolvimento da capacidade de pensar e de encontrar novas alternativas para problemas, porque estes problemas simplesmente inexistem.

Muitas famílias hoje vivem da aposentadoria dos pais e até avos, por que os jovens não são capazes de arranjarem ou mantém seus empregos.

O que fazer, desde a infância, para evitar essa situação?

Limites, noções de certo e errado, assumir responsabilidades por seus atos e viver as consequências, poderem exercer sua autonomia a medida que a vão conquistando....

Atendimento clia psicologia

Agende uma Consulta: (11) 4424-1284
Procura Orientação via Whatsapp: (11) 953288942

Aulas sobre TEA (autismo)!

São 5 aulas no total e 1 Bônus

Fechar Menu